A ginecomastia consiste no aumento do tecido mamário em homens. Pode ser aumento somente da glândula mamária, ou apenas do tecido gorduroso, neste caso corretamente denominado pseudoginecomastia, ou aumento de ambos que é o mais frequente.
A prevalência é maior na puberdade, podendo chegar até 65% na faixa etária de 14 a 15 anos, e quase 10% desses pacientes pode persistir após os 17 anos.
A ginecomastia pode ser fisiológica como no períodos neonatal por persistência dos hormônios maternos, mas regride rapidamente, na adolescência por desbalanço hormonal, e senil por queda dos níveis dos hormônios masculinos. Tem como causas patológicas a diminuição da produção da ação da testosterona, aumento da produção estrogênica e a insensibilidade androgênica, essas alterações podem ocorrer em doenças genéticas, doenças endocrinológicas, câncer, uso de medicações e drogas, sendo que na maioria das vezes a causa é idiopática.
Para o diagnostico é necessário uma história pessoal e familiar detalhada, um exame físico completo com atenção às principais causas, além de métodos complementares como a mamografia, ultra-sonografia e exames laboratoriais.Pode-se tentar tratamento clínico, com o controle das possíveis causas e até uso de medicações. Porém, com persistência dos sintomas por mais de 2 anos, já pode ser indicado o tratamento cirúrgico. O tratamento cirúrgico dependerá de cada caso, pode ser feito adenectomia (retirada da glândula mamária), lipoaspiração (aspiração do excesso de gordura) e ressecção de pele se houver excesso. A abordagem precoce desses pacientes é importante principalmente pela fase em que os sintomas aparecem. Momento em que o adolescente está em fase de desenvolvimento físico e mental. Essa alteração pode interferir negativamente na auto-estima e qualidade de vida, comprometendo o relacionamento interpessoal e o desenvolvimento do indivíduo.

“Em nenhuma circunstância as informações aqui publicadas substituem a consulta com o seu médico”
“Para mais informações procure o seu Cirurgião plástico e realize uma consulta presencial”

CompartilharShare on Facebook

Comentários

Tradução »