São deformidades congênitas que acometem 1 a cada 650 crianças nascidas vivas no Brasil. O tratamento do paciente portador de fissura lábio palatina exige uma equipe multidisciplinar composta por cirurgiões plásticos, geneticistas, pediatras, ortodontistas e fonoaudiólogos.
O tratamento completo leva 18 anos e somente o trabalho conjunto multidisciplinar promoverá a reabilitação completa do paciente.
A cirurgia plástica do lábio é realizada aos 4 meses de idade e do palato aos 13 meses de idade. Durante o desenvolvimento da criança, as avaliações periódicas da fala e do crescimento são necessárias.

Quer saber mais? Acesse: craniocarebears.org

CompartilharShare on Facebook

Comentários

CategorySem categoria

Tradução »