Também conhecida como plagiocefalia posicional é a forma mais comum de assimetria craniana e resulta de uma ação contínua de forças gravitacionais sobre a região occipital, acarretando achatamento local, ou seja, devido a uma posição viciosa da cabeça do bebê a parte posterior da cabeça fica deformada como se estivesse amassada. As principais causas são posição fixa do bebê para dormir, torcicolo congênito e espessamento muscular, caso nenhuma intervenção seja realizada, a deformidade pode progredir e, em casos graves, evoluir com deformidades faciais. Medidas simples como mudar a posição de dormir e realizar atividades com o bebê de barriga para baixo são suficientes para reverter a deformidade na maioria dos casos. Em situações de deformidades mais graves intervenções como fisioterapia e uso de capacete podem ser úteis.

Quer saber mais? Acesse: craniocarebears.org

CompartilharShare on Facebook

Comentários

CategorySem categoria

Tradução »